segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Sábado, 3 de outubro de 1942

Deixe um comentário

Querida Kitty

Ontem houve outro barulho. Mamãe armou um banzé dos diabos dizendo a papai tudo o que pensava a meu respeito. Depois, teve uma crise de choro, e é claro que eu também desatei em lágrimas. De qualquer forma, fiquei com uma terrível dor de cabeça. No final, eu disse a papai que gostava muito mais dele do que dela, e ele respondeu que isso ia passar. Não acredito que passe. Com mamãe tenho de me controlar para não perder a calma. Papai quer que eu, às vezes, me ofereça para ajudar mamãe, quando ela não está passando bem ou está com dor de cabeça. Mas não vou fazer isso. Estou estudando francês um bocado, e agora estou lendo La belle nivernaise.

Sua Anne.

0 comentários:

Postar um comentário